3 Mitos que te impedem economizar energia de verdade

3 Mitos que te impedem economizar energia de verdade

Olá!

Aqui é a Mayrah,

Eu sei que trocando as lâmpadas fluorescentes pelas LEDs você já conseguiu redução da fatura de energia. O problema é que essa economia não é real.

O que leva o consumidor a pensar que é?

# Mito nº 1: “O produto mais barato faz a mesma coisa”

Não faz não! Os similares mais em conta no mercado não seguem os padrões de qualidade e segurança estabelecidos pelos órgãos regulamentadores governamentais (INMETRO). Isso significa que a muitos dos produtos ofertados no mercado nacional não chega nem perto da qualidade real que a iluminação LED realmente oferece.

Não é normal lâmpada LED queimar com frequência!

# Mito nº 2: “Não preciso de tanta qualidade!”

Se você quer realmente economizar, precisa sim. A qualidade garante que cada centavo do dinheiro que você investiu não seja desperdiçado com manutenção, troca de material defeituoso porque vai durar muito mais e o LED barato aproveita muito menos a energia elétrica que consome.

Além da chatice que é ter que ficar ligando para o fornecedor para pedir troca, a enrolação da empresa para entregar o produto novo, mais o incômodo de ter uma lâmpada apagada.

Você economiza menos, acaba gastando tudo o que economizou, e nem vê…

O pior de tudo é que a lâmpada de baixa qualidade é um risco para a saúde humana. Harvard comprovou que a exposição excessiva do indivíduo à luz azul desses dispositivos (televisores, smartphones e telas de computador também) pode causar desordens físicas e psicológicas como alteração do humor, insônia, arritmia cardíaca e contribuir para o surgimento de diabetes e de câncer (não o de pele) e obesidade. Leia o artigo aqui.

 # Mito nº 3: “Todos os produtos são iguais, o que aumenta o preço é a marca.”

Absolutamente, não. Na ânsia de ganhar mercado brasileiro, que não acredita no poder do custo/benefício, o posicionamento de muitas empresas é atender o cliente a qualquer custo sacrificando principalmente o processo produtivo; usam materiais mais baratos e de baixa qualidade na fabricação do produto.

Por essa causa, você consumidor, perde a alta durabilidade, qualidade e segurança da tecnologia e o mercado está completamente vulnerável ao contrabando e produtos falsificados.

O material usado na fabricação do LED para o Brasil é diferente e muito mais barato do usado para o mercado internacional. As empresas aqui que não pensam assim geralmente praticam preço de mercado maior por causa do valor agregado ao produto e seu alto desempenho.

Você só consegue economizar de verdade investindo em custo/benefício

O benefício do da iluminação LED vai muito além da redução da conta de energia. Para você que é empreendedor ou para você que é dona de casa é muito importante gerenciar seu dinheiro pensando no retorno a médio e longo prazo, ou seja, quanto tempo o produto te beneficiará.

No caso do LED, os benefícios são iluminação de qualidade, economia energética, de tempo, durabilidade, baixa frequência de manutenção entre outros.

 

Gastar mais pela qualidade não é desperdício, é investimento!

 

Até a próxima!

 

Um grande abraço,

Mayrah F. Moraes

Leave a Reply